terça-feira, dezembro 27, 2005

"Ninguém como tu" e ainda as audiências

É difícil, senão mesmo impossível, não ter ouvido falar de quem "matou o António"... Mesmo os que não se interessem minimamente por telenovelas. Contudo levanta algumas curiosidades: quantas pessoas viram essa telenovela? Quem são essas pessoas?
E assim que o público fica a saber quem é o assassino, a audiência cai a pico...

[Retirado de Marktest.com - Análise realizada pela MediaMonitor
com base em informação da Markdata Media Workstation (MMW)]

Chegou ao fim ao fim a novela Ninguém Como Tu, protagonizada por Alexandra Lencastre no papel de Luísa Albuquerque que tenta a todo o custo obter, dinheiro e...amor, que após a falência do seu marido Mário Albuquerque interpretado por Vítor Norte, acaba por casar com António (Nuno Homem de Sá) que mais tarde é vitima de um misterioso assassínio...

Esta novela registou no total dos capítulos uma audiência média de 16.5% e 42.3% de share. O ultimo capitulo registou a melhor a audiência média com 25.9% e 67.2% de share. Este capitulo representou 25.2% da audiência do canal do dia, ou seja, a novela contribuiu com 9.4 pontos para o share do dia da TVI que foi de 37.2%.(melhor share do ano até à data). Ninguém Como Tu estreou a 3 de Abril com 14.3% de audiência média e 33.9% de share. A 20 de Abril foi transmitido o episódio que registou a audiência média mais baixa com 12.6% e 27.7% de share.

Às 22:41 foi finalmente revelado quem matou António Paiva Calado, este minuto registou uma audiência média de 2.454.900 espectadores. No entanto o pico de audiência aconteceu ás 23:32

com uma audiência média de 2.649.900 espectadores. Os 199 episódios foram vistos por 97.7% dos indivíduos que constituem o universo, ou seja, 9.249.500 indivíduos viram a novela.

No perfil de audiência, esta novela registou melhor adesão no Interior. Por classe social, observa-se consumo mais elevado junto dos estratos sociais mais baixos, isto é, na Classe C2 e D com cerca de 30%. Por Género, o programa registou melhor adesão junto da população Feminina. Por faixa etária, regista-se um consumo mais elevado por parte dos indivíduos com mais de 64 anos.


Mais em:
http://www.marktest.com/wap/a/n/id~9a7.aspx

Sem comentários: