domingo, agosto 13, 2006

Projecto Gutenberg: e-books gratuitos

O Prjecto Gutenberg dispõe de mais de 18000 e-books gratuitos em diversas línguas, incluindo Português, como por exemplo: O Mandarim, A Cidade e as Serras, As Farpas ou A Relíquia de Eça de Queiroz, O Livro de Cesário Verde, Lendas e Narrativas de Alexandre Herculano, Contos de Infância de Guerra Junqueiro, Frei Luiz de Sousa de Almeida Garrett, Livro de Máguas de Florbela Espanca, Amor de Perdição de Camilo Castelo Branco e muito, muito mais! Vamos contribuir para aumentar a literacia:

http://www.gutenberg.org/

2 comentários:

Edu@rdo disse...

Devo dizer que o teu blog faz parte dos meus favoritos diários, assim como alguns sites que indicas por aqui.
A leitura de e-books já faz parte do meu dia a dia há alguns anos, desde que descobri que o meu PDA Lexibook dava para ler livros em formato PDB. No entanto este verão, na praia, a máquina fotográfica caiu-lhe em cima do ecrâ e partiu-o. Tentei então descobrir se havia e-books para o telemóvel e descobri um programa, mas que não consigo metê-lo a funcionar. Chama-se Anyview.
Esta semana voltei à carga, pois mesmo para ler as crónicas do Saramago, gostaria de estar deitado no sofá a disfrutar de uma boa leitura. Voltei a encontrar um programa que já me tinha aparecido, de nome Read Maniac. Este programa transforma qualquer conteúdo em formato TXT, no formato ReadManiac e que abre em qualquer telemóvel com tecnologia JAVA. É um espectáculo, basta transferir os ficheiros (o livro Uma Familia Inglesa de Julio Dinis gera 6 ficheiros de 128 Kb)para o telemóvel e abri-los. Consegues depois mudar a letra, andar para cima e para baixo com uma simples tecla, e até fazer com que as páginas passem sozinhas. Muito bom. Pesquisei no teu site por e-book e encontrei a Galáxia, que também já tinha nos meus favoritos há algum tempo.
Cumprimentos
Eduardo Silva

Alberto Vale disse...

Obrigado pelo comentário. Fico satisfeito que o Links Interessantes faça parte dos Favoritos :-)

A propósito de leitura de e-books, também sou utilizador assíduo desta tecnologia. Comecei com um velhinho portátil onde lia livros antes de dormir. Configurava o ecrã para ficar todo a preto e com as letras a branco. E já dispunha de "auto-scroll". Actualmente uso o QReader em Symbian. É muito configurável: também tenho o ecrã todo a negro, texo a branco e auto-scroll. E segue comigo no telemóvel.

Mas espero publicar dentro em breve um artigo sobre leitores de e-books. Acho uma ideia algo descabida haver tantos "gadgets" destinados apenas para ler e-books, quando a maioria dos potenciais utilizadores já dispõe de telemóveis ou PDA capazes de fazer o mesmo, ou até melhor. E para quem não tem ou não tenha posses de os ter? Duvido que opte por esses "gadgets" que são ainda mais caros do que determinados telemóveis capazes do mesmo!

Até breve