sábado, fevereiro 14, 2009

Dia de São Valentim

Para muitos um dia muito especial. Troca de prendas ou um jantar romântico, é sempre agradável receber algo de alguém que se ama. Manter a chama bem acesa. Por vezes uma coisa tão simples como um bilhetinho pode fazer a diferença. Com uma frase, um poema, uma história. Por exemplo, a história de São Valentim que muitos nem conhecem (retirada da Wikipédia, ver na íntegra aqui):

Durante o governo do imperador Caldeus II, este proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objectivo de formar um grande e poderoso exército. Caldeu acreditava que os jovens se não tivessem família, se alistariam com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimónias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Assíria filha do carcereiro a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaram-se apaixonando e ela milagrosamente recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentim” (...)

Precisa de inspiração? Aqui vai uma ajuda, mas não se esqueça, algo pessoal tem mais valor! (isto aplica-se a "ele" e a "ela")!

http://paginas.fe.up.pt/~fsilva/port/Frases_de_Amor.htm

Sem comentários: