segunda-feira, junho 13, 2011

Gralhas de jornais

Diariamente, há gralhas (erros ou falhas) na imprensa escrita e oral: por mais que se tente evitá-las, aparecem sempre umas poucas.

Por vezes, uma gralha de jornal torna-se uma anedota perene. Eis a anedota que, para nós, é a melhor sobre gralhas jornalísticas. Foi causada no século XIX por um jornal brasileiro.
O imperador D. Pedro II do Brasil tinha feito uma viagem ao exterior. Durante a viagem de regresso magoa-se, pelo que desembarca no porto do Rio de Janeiro apoiado em duas muletas. Um dos jornais do Rio noticia que o monarca tinha descido do navio apoiado em duas "maletas". No dia seguinte, o jornal tenta corrigir a gralha. Sai pior a emenda que o soneto:
"O imperador desembarcou apoiado em duas mulatas".
Bem, isto foi a suficiente para a liberdade de imprensa ter ficar ameaçada durante uns tempos no Brasil. Houve dúvidas sobre se essa segunda gralha tinha sido intencional ou não.
Fonte:
http://manualdosfocas.com/2011/02/02/deslizes-do-fechamento-as-vezes-a-unica-coisa-verdadeira-num-jornal-e-a-data/

Outra gralha que recordamos: Aqui há uns anos, a rainha Isabel II de inglaterra visitou a então RFA (República Federal da Alemanha). Pois eis a parangona (título) no JN: "Rainha Isabel II visita a RAF". Ora RAF era - e ainda é - a Royal Air Force, isto é, a Real Força Aérea do Reino Unido.


Um link bastante completo sobre gralhas de jornais - e não só - é o seguinte:

Colaborador de Links Interessantes:
A. Vieira (Webdesigner, admin, webmaster)

1 comentário:

Reinaldo Coelho disse...

Outro excelente. Para mim gralhas são anedotas naturais.